16 maio, 2010

Branco gelo


Hoje é o ultimo dia da brincadeira “Colorindo a vida" idealizada pela Glorinha do blog Café com bolo. Quero apenas dizer que a proposta aguçou meus sentidos uma vez que buscava o colorido além daquele que meus olhos já enxergavam, cores e brilhos que ficarão para sempre na memória. A experiência trouxe-me o mundo expandido e mais rico interiormente. À Glorinha agradeço pela oportunidade de crescimento e pelos vínculos estabelecidos na brincadeira!

A cor sugerida por ela para finalizar a blogagem é o branco e diante desta só me veio a mente o gelo presenciado aqui assim que chegamos. Branco da cor do meu signo de câncer, da luz e branco do frio!

..olhinhos curiosos e surpresos para o lago congelado - 08/03/2010, dia da nossa chegada na Suécia.


Pois bem, saímos do Brasil num calor de 36 graus e chegamos em Lund com -2 graus. Uma mudança assustadora que foi sendo superada pela curiosidade e o desejo de tocar , pisar e sentir aquele pálido gelo do chão. Desejo de curvar -se diante de tanta beleza oferecida de graça. Imaginei-me dentro daquele contexto como nas histórias conhecidas apenas pela TV.

Foto do trem a caminho de Estocolmo, 31/03/2010


Estocolmo,Capital da Suécia ainda com gelo em abril/2010.


Apesar do gelo a vida precisaria transcorrer em seu percurso normal e isso não foi tão fácil. O mais cômodo seria permanecer em casa no conforto dos aquecedores. Para os que já estão aqui ele vira brincadeira, faz parte da rotina na estação que para muitos é a mais divertida do ano.



Calçadas, entradas das casas, ruas, parques e muito mais cobertos na cor "branco gelo" que pra mim só existiam nas paredes da minha casa. Para sair a Laurinha reclamava pedindo colo com medo de escorregar, a Bia nem aí. Corria e caia molhando as calças e as luvas com alegria no rosto e eu com ar de preocupação e chatice de mãe.


Laurinha chorando pelo colo, março de 2010.

O que realmente marcou foi o dia em que marido me chamou para espiar na janela. Era ela que vinha quietinha fazendo presença e tornando-se inesquecível. Admirar a neve caindo é incondicionalmente estar no colo de Deus. Diante daquela janela a felicidade não era só branca, ela representava a vida e a luz diante dos meus olhos.



Mais um inverno virá e com ele o prazer de descobrir o que a natureza nos reserva. Se a neve vier, que seja bem vinda para que possamos desfrutar da sua beleza, do seu cheiro e das cores do seu branco....

"A beleza é a única coisa preciosa na vida.
É difícil encontrá-la mas quem consegue descobre tudo."
Charles Chaplin



32 comentários:

Tati Pastorello disse...

Minha adorável Fran, faço minhas as suas palavras, por que a admiração e cariho são recíprocos. Podemos nos assustar tentando entender afinidades descobertas por esta via estranha que é o blog, ou aceitarmos com naturalidade. Prefiro a segunda. Você é um dos grandes presentes que levo desta fase maravilhosa!
Chorei lendo sua emoção com a neve, senti a sensação de ver a neve caindo, mesmo daqui, me senti nos braços de Deus.
Você é especial e tem uma maneira de ver a vida que me encanta. Adoro dar uma espiadinha pelos seus olhos. Me enriquece demais.
Obrigada por tudo. A partir de agora, seguiremos amigas!
Beijos.

Chica disse...

Muito lindas essas imagens bem brancas e tua poarticipação ficou linda. Pena que acabou, mas vamos nos encontrar,né?beijos,chica

Renata Keli disse...

Oi Fran

Como sempre, um post lindo e comovente!!
Vc realmente consegue transportar nossa mente para o que escreve. Parabéns!!

Tenha uma ótima semana!

Beijinhos

Denise disse...

Quanta sensibilidade encontrei aqui!!
Estou presa dessa emoção, desde o lugar ao comentário apaixonado da Tati (acima)...não há como não ficar, Françoise!!

Bjos e ótima semana pra ti!

Teresinha Ferreira disse...

Olá Fran,
Obrigada pelos elogios do meu blog. Realmente...O branco e a neve...Uau!!!!
Uma cor fria...Totalmente. Fiquei viajando com seu post. Senti até frio, acredita??? rs...
Fico imaginando morar em lugar lugar assim...Nós que estamos acostumados com esse clima delicioso daqui. Mas...
Fique bem e sucesso sempre.
Bjs mil

Astrid Annabelle disse...

Olá Françoise querida!
Eu costumo ler seus posts bem devagar para sentir a emoção por mais tempo. É uma viagem maravilhosa por entre as suas vivências diárias. As imagens também são lindas...
Você é realmente uma pessoa adorável, como disse a Tati, que consegue nos cativar.
Me senti nos braços de Deus!!!
Um beijo muito gostoso, quentinho e com muito amor!
Astrid Annabelle

Lu Souza Brito disse...

Fran...
Me emocionei junto com você vendo a neve cair. Uma mudança brusca de vida, mas com todo este encantamento, quem resiste?
Agora, tadinha da pequena querendo colo. Do jeito que sou medrosa era capaz de ficar com medo de escorregar também, já pensou o quanto deve doer um tombo no gelo? ai ai ai...
Adorei essa sua frase:

"Admirar a neve caindo é incondicionalmente estar no colo de Deus. Diante daquela janela a felicidade não era só branca, ela representava a vida e a luz diante dos meus olhos. "

Parabéns pelo post.

Açuti disse...

Oiiii Fran,

lindo post branco!!!
Sou apaixonada pelo frio e neve é um dos meus maiores sonhos de ver, sentir, brincar!!!
bjkss de paz e cores!!!
Tenha uma excelente semana...

Elaine disse...

Minha querida Fran, seus posts são sempre muito emocionantes, e esse não foi diferente, vc me fez recordar da minha primeira vez que vi a neve, como me emocionei, como senti realmente Deus, muito obrigada por essa sensação.
Sabemos que é a última Blogagem Coletiva, mas isso não é nada, estaremos sempre juntas.
Vc hoje foi bem rápida, pois eu ainda estava editando minha postagem, quando vi seu comentário,rsrsr adoooorei, me deixou mais animada ainda.
Beijos enormes em seu coração e que essa semana seja uma semana bem especiaa para todas nós!

Regina Coeli disse...

Olá Françoise,
Você não precisou AMADURECER para descobrir o encantamento da vida, dai descrever com tamanha emoção seu primeiro contato com a neve.
Que Deus conserve sua sensibilidade e que a vida lhe dê muitas razões para fazê-la feliz!
Através da BLOGAGEM COLETIVA tive a alegria de encontrar você!!
Obrigada por colorir a vida!!
Abraço caliente para atenuar o frio,
Regina Coeli

Regina Coeli disse...

Olá Françoise,
Você não precisou AMADURECER para descobrir o encantamento da vida, dai descrever com tamanha emoção seu primeiro contato com a neve.
Que Deus conserve sua sensibilidade e que a vida lhe dê muitas razões para fazê-la feliz!
Através da BLOGAGEM COLETIVA tive a alegria de encontrar você!!
Obrigada por colorir a vida!!
Abraço caliente para atenuar o frio,
Regina Coeli

Yoyo Pizy disse...

Fran querida
Juro por Deus...Lágrimas escorrem nesse momento pelo meu rosto ao ler o seu post(desculpe-me mas sou chorona demais,rs).
Já fica uma saudade enorme desses dias da Blogagem Colorindo a Vida, que a Glorinha tão generosamente nos deu de presente.
Foi maravilhoso conhecer pessoas como você, cujas palavras sempre me emocionam.
Hoje eu também falei da emoção de ver a neve pela primeira vez. Olha só como estamos em sintonia, amiga!
Bjo no core

Bordados e Retalhos disse...

Fran, que post mais lindo. Adorei conhecer alguém que já a viu a neve e consegue, com tanta fraternura, partilhar um sentimento de alegria e gratidão pelo belo presente do Criador. Parece tudo lindo e acho que precisou (vc e sua família) de um outro olhar sobre a vida para se acostumar com o frio e esquecer o calor daqui. Há de ter, aí também, calor que emana das pessoas e que aquece corações saudosos de sua terra. Um grande beijo amiga e obrigada pelos carinhosos comentários no meu blog.

Glorinha L de Lion disse...

Françoise, minha querida, hoje estou igual manteiga, chorando em cada blog que entro...porque será que é tão difícil a gente se despedir do que foi bom? Eu achei seu post lindo, sensível, como vc...sou grata por ter te conhecido, ter proporcionado, não só a vc e a todas as que brincaram com a gente, mas principalmente a mim, a alegria de conhecer gente com alma... e vc foi uma delas. Obrigada Françoise, por sua delicadeza e amizade. Obrigada por ter feito minha vida tb mais colorida. Grande beijo.

Beth/Lilás disse...

Françoise,
Você ficou marcada na memória de Glorinha e a minha, pois quando ela entrou pela primeira vez em seu blog, ligou logo pra mim, dizendo que tinha sido enganada por uma moça que dizia estar morando na Suécia e não era bem assim. O caso é que o Mr.Blogger direcionou para uma página falsa, mas graças à sua delicadeza e educação, juntamente com o grande coração de Glorinha, tudo ficou elucidado e você nos brindou com lindas histórias e imagens daí onde está vivendo.
Eu sabia que você mostraria o gelo e o branco desta terra encantadora e agora tô só esperando a Somnia que também deverá falar sobre este tema, afinal ele é o grande Branco da vida de vocês atualmente. E, simplesmente maravilhoso!
beijocas cariocas

Maricota by Marianne disse...

Fran,com certeza a neve deve ser algo mágico...transformou sua vida,a vida d sua família e vc soube passar a emoçao de poder vivenciar esse presente de Deus...a foto na janela com neve caindo é acolhedora...!
Lindo;)
bjks.
Marianne

Isadora disse...

Oi Fran imagino como deve ter sido drástica a mudança. Nós por aqui acostumados com belos dias de sol e esse calor de nossa terra e você indo para uma cidade, onde o inverno é rigoroso e com o qual não tem a menor intimidade.
O bacana de tudo é ver como vocês encaram esse mudança e como estão se adaptando aos novos cenários e situações colocadas.
parabéns a você e sua família.
Um beijo

Silenciosamente ouvindo... disse...

Minha querida amiga de tão longe e
tão perto.Acabou a nossa blogagem
sobre a cor, que nos juntou, que
fez descobrir novos amigos na Net
(este mundo maravilhoso).Obrigada
pela sua visita ao meu blogue,
obrigada pelas suas palavras,pela
sua amizade.POR TUDO.
Um beijinho da Irene e espero/desejo
que nos continuemos a encontar.

Manuela Freitas disse...

OLá Françoise,
Fiquei a pensar naquela frase de Chaplin, um sábio, um ser humano excepcional.
A vida é um mistério, presenteou-nos com grandes belezas, basta aprender a abrir os olhos. Pelos seus «olhos», querida Françoise esse belo sublime, chegou até mim!...
Beijinhos e obrigada,
Manú

Lúcia Soares disse...

Françoise, a neve é realmente linda, mas não espero conhecê-la de perto. rsrsrr Detesto frio, mas sei bem que as roupas apropriadas nos agasalham, protegem.
Sem dúvida, a paisagem é maravilhosa.
Espero que vocês sejam muito felizes nessa temporada européia. Para as filhas será um aprendizado inesquecível.
Beijos!

Renata disse...

Minha querida nova amiga Fran,

O que eu mais gostei nessa brincadeira das cores foi a oportunidade de conhecer pessoas incríveis pelo afora...entrar no universo de cada um, e fazer parte desse mundo de cores particular que temos dentro de nós!

Concordo,a neve caindo é como um mimo de Deus praqueles que estão aqui na terra...embora conviver com "ela" todos os dias não deve mesmo ser fácil! Mas é disso que a vida é feita:experiencias!

Ótimo post, como sempre, me sinto muito feliz vindo aqui!

Ah, e se tiver a oportunidade de estar na Lapônia, depois me conte, vou adorar saber!

Um abraço,
Renata

Eliana Pessoa disse...

Adorei o texto seu jeito de ver a neve quase um conto desses de livros!!
Gosto muito do branco adoraria brincar na neve como sua filhinha deve ser muito gelado mas divertido!!!

Fatima disse...

Que lugar lindo!
Já tive mais vontade de conhecer a neve, mas mesmo assim ainda considero um lindo cenario.
Bjs.

Luma Rosa disse...

Bruuuuuuuuuuu... como sou friorenta! Quase congelei olhando as fotografias! (rs*) Sério! Mas gosto muito do gelo, principalmente quando posso praticar esporte ou mesmo ficar aconchegada, quentinha, olhando lá pra fora! Não tem preço a felicidade que a neve traz e bem, as crianças sabem aproveitar as ocasiões - talvez sejamos por demais ajuizados!! Beijus,

Kamyla disse...

Fran, lindas suas palavras!!!!!
Não tem emoção como ver a neve... acho q nunca deixarei de babar ao ver esse espetáculo... e a mudança de temperatura??rsrsrsrs. Só quem enfrenta para saber,rsrsr.
Adorei as fotos e a forma como vc descreveu tudo!!!!!
Mas, já tá mais quentinho por aí?
Bjosssssssssssssss

Tida disse...

Fran

Você tem a capacidade de nos levar até onde você está com seus textos. Como é bom conhecer lugares novos.
Tão bom quanto conhecer pessoas. Você é uma pessoa especial, foi muito bom lhe cohecer.
Creio que ainda nos encontraremos muitas vezes. Bjs para as meninas, Laura e Bia.
Bjs

Gisa disse...

Oi Françoise, acabei chegando até aqui através da Teresinha que por sinal, também acabei de conhecer, esse mundo blogueiro é um barato, nos oferece a oportunidade de conhecer pessoas de outros lugares, culturas diferentes.. enfim, sou fã de gente. Adorei seu blog e sua familia.

bjka

marcelo dalla disse...

Que belo relato, me pareceu um filme!!! Sabe que eu nunca vi neve? Ainda verei!!!!!!!!!
Seu post me deixou inspirado, querida!
bjossssssss

Rozani disse...

Oi Françoise!
Que beleza de texto!Que lindas palavras para falar do branco da neve.Deve ser uma experiência incrível ver e viver a neve.
Adorei seu post, suas fotos.
Bjs,Rozani

Dani dutch disse...

Oi Françoise, linda a neve, que eu amo de paixão.. adorei seu post. bjusss

Barbie Girl disse...

Fran querida!!

Sua blogagem ficou lindíssima, fechou com chave de ouro.

Mas o legal disso tudo é saber que todas as mensagens ficarão para sempre vivas em nossos corações!!

beijos

Olhar Simplismente... disse...

Oi Françoise adorei! Que fotos lindas amo neve.
Bjoss