05 setembro, 2010

Lá vai o trem...

Laurinha e seu olhinho curioso no trem ,
observando o lago congelado do lado de fora.
Uma das coisas que eu gostei muito de fazer, enquanto estive aqui e esqueci de registrar na minha lista do último post, foi viajar de trem. E isso eu sempre gostei , mesmo que naqueles metrôs de São Paulo em que mais parecemos uma sardinha enlatada. "Tem gosto pra tudo neste mundo ué, rs..."

Foi viajando sobre os trilhos que cheguei em Lund pela estação de Copenhagen, que conheci muitas cidades do sul da Suécia, da Dinamarca e Finlândia. Foi de trem que sonhei chegar a Itália e de lá partimos para Paris enfrentando uma longa madrugada de sono em uma de suas cabines.


Eurorail , Roma - Veneza


É magica a alegria de entrar no trem e sentir seu cheiro, ao mesmo tempo que ver paisagens cinematográficas passando como um filme pela janela. Além do mais, são confortáveis, rápidos e possuem uma organização de horários variados e eficientes. Precisamos ser extremamente pontuais pois se o horário está marcado às 7h36min, certamente minutos antes ele irá parar na estação e partir no horário indicado.

Estação Louvre-Rivoli, Paris:
...esculturas e obras de arte embaixo da terra.


Muitos deles possuem compartimentos separados e isolados para fumantes e não fumantes, carros-leito, vagões bar e restaurante. Se a viagem for durante o dia, podemos descansar, ouvir músicas, assistir um filme no laptop (todos possuem tomadas)ou fazer um lanche em sua poltrona (cena bastante comum). Mas se a viagem for noturna, é possível dormir em um trem , chegando a seu destino sem nos preocupar com o mau tempo e com o caminho certo a seguir, economizando ainda uma diária de hotel e aproveitando para descansar e ganhar tempo que seria perdido na viagem.


O que achei diferente e talvez estranho (só nós brasileiros podemos traduzir bem esta sensação), é que compramos os bilhetes , entramos e nos acomodamos nos trens e somente em seguida algum funcionário passará solicitando. É possível, como muitas vezes ocorreu conosco, que ninguém virá durante a viagem , verificar se o passageiro está ou não com os bilhetes. É como uma confiança estabelecida com seus usuários entendem?


Estar frequentemente em um trem é algo que sentirei muitas saudades. É triste escrever ,que mesmo o Brasil sendo tão extenso, não há nenhuma preocupação com a construção ou manutenção de malhas ferroviárias decentes que nos tragam melhores condições de transporte. Das estações de trem que já conheci no Brasil, só me ficam as lembranças feias de depósitos de lixos e do vandalismo que ali se instalam.


Contrastes que andamos:
Um bondinho e um TAV







Laurinha desenhando na poltrona de um dos tantos trens que viajamos...

SJ Intercity - Lund- Estocolmo






...lá vai o trem....

No dia 28 ele irá partir.

18 comentários:

Celia disse...

Eu tb gosto de viajar de trens. Nunca tinha viajado no Brasil, mas qdo vim pra cá, descobri como é legal viajar de trem. Boa semana. Bj

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Que bacana esse post.
Eu adoro passear de trem tb. E os dai são no mesmo estilo que os daqui. Confortáveis, com restaurante... e aqui no Japão é a mesma coisa, a gente compra o bilhete e nem sempre alguém confere.

gosto de viajar a noite tb nos trens dormitório. eh bonito passear e ver a lua
boa semana

Françoise disse...

Oi Célia,

Imagino que deva sim saber o quão gostoso é viajar de trem já que mora em Estocolmo não é?????

Beijos



Oi Alexandre,
Bom te receber aqui, realmente dormir no trem é uma experiência bem diferente.
Beijos

Beth/Lilás disse...

Oi, Fran!
Esses trens por aí devem ser algo delicioso de confortável!
No ano passado fiz viagens e andei em vários meios de transporte, até de navio que achei lindo e legal, mas dá um certo enjoo, porém os trens no exterior são fantásticos, a gente vai de um lugar pro outro ouvindo música clássica como foi em Portugal e de N.York para Norwood que fomos num trem super confortável e a estação de trem é algo assim do outro mundo.
Se no Brasil tivéssemos este meio de transporte, com certeza, faríamos mais turismo interno, mas o que vemos é isso aí que você detalhou, no Rio então, dá até medo.
bjs cariocas

Françoise disse...

É sim Beth , você que já andou sabe que é uma delicia mesmo. Além de confortáveis, uma sensação de bem estar e de liberdade nos invade quase que automáticamente. As estações são lindas, algumas até com pinturas e esculturas. Um show!!!!!

Bjos minha amiga.

Junia Ansaloni disse...

Oi Fran, concordo com vc...eu tb adoro viajar de trem por aqui...Boa semana !!! Bjim

Renata Boechat disse...

Olá Fran,

Você não imagina como eu gosto de ouvir suas histórias européias...rsss

Tens razão, trem no Brasil só de carga...uma pena, pois teríamos tanto a aproveitar...

Muito legal seu post, me deu uma certa saudade de viajar de trem!

Um abraço,
Fique bem!

Amica Philosophiae disse...

Nossa só tem uma Igreja Católica!!
Que bom que tem né!
Geralmente em qualquer cidade que chego a primeira prvidência é achar uma Igreja, saber os horários de missa etc... Não dá pra ficar sem...
Um bjo!
Cynthia

Françoise disse...

Oi Junia,
Pra vc que mora na Itália, deve se deliciar com estas viagens não é???? Aproveite!
Beijos

Oi Renata,
Que bom receber vc aqui. Ahhh, quer dizer que ficou com vontade de viajar de trem???? Passa vontade não amiga, rs....
Beijos procê.

Françoise disse...

Olá Cynthia

Seja bem vinda! Realmente só tem uma igreja católica, a maioria aqui, são as igrejas protestantes e Lund é uma cidade pequena. Mas que bom que tem, assim não me sinto tão só como disse a vc lá no blog.
Beijos

Barbie Girl disse...

É Fran, que delícia viajar de trem e com todo conforto, segurança e organização.

Sonho que um dia seja assim no Brasil, não só nos trêns da supervia que são nojentos, e você nem precisa se segurar, porque é tanta gente que vão emprensados, mas que também haja barcas melhores, sofro com isso! hehehe

beijos

orvalho do ceu disse...

Ola, querida
Gosto demais de andar em trem de passeio... dá uma gostosa sensação...
O seu post está encantador. Também fiz um na semana passada sobre um trem turístico em que passeamos no ES.
Tenha excelente feriado com muita paz e alegria.
Abraços fraternos

Tatiana disse...

hahahahaha...
Fran,essa foi a minha resposta ao seu comentário la no blog,..rs!!!
Quanto ao seu post,eu tambem adooro!!
So que eu era novinha quando viajei de trem pela Europa, tinha 18, e nao eram esses trens lindoes que voce mostrou,nao...eram bem furrecas, esses eu quero ir é com marido!!!
Quando voce comentou das viagens noturnas para economizar hotel..hahaha..era exatamente o que fazíamos, viajei com uma amiga, e so pegávamos trem a noite, porque nao tínhamos dinheiro suficiente para hotel, vixie...ate no chao do hall do trem nos dormimos, juuuro!!!
Mas curtimos muito!!!
Adorei aquela estação em Paris com as esculturas...woow...que chiquerérrimo!
Quanto ao nosso Brasil, como disse no post da Tati hoje, prefiro nem comentar!!!
Obrigada Fran,por esses momentos deliciosos que voce me proporcionou, eu sou a própria Maria Gasolina...isso serve para trem, carro, aviao, bonde, triciclo..etc..hehe
Beijocas!!!

Yoyo Pizy disse...

Amiga,
Eu sou apaixonada por trens.Amo estações feroviárias e também lamento profundamente que aqui, no Brasil, não tenhamos uma boa malha ferroviária.
Sei que voltar para casa é sempre muito bom, mas estou certa de que sentirá muitas saudades de tudo que viveu aí.Eu até "viajei" e vivenciei tudo com você, através do seu blog e também sentirei saudades da pequena Laund,rsrs
Bjos

Tati Pastorello disse...

Fran, estou zangada com o blogger por que ele não está atualizando suas postagens na sidebar... que chato!
Ainda assim, muito feliz que você está chegando (e em breve, se tudo der certo, eu também estarei chegando mais perto de você, quer dizer 311 km... distância transponível, né? Vamos torcer!
Sabe, o Vi é ferroviário, sofre e sempre sofreu com a falta de incentivo ao trem. É mesmo triste este descaso...
Um beijo.

Isadora disse...

Fran, minha amiga, de tudo ficam boas lembranças como os passeios de trem que fizeram. Sem dúvida por aqui poderímos investir nesse meio de transporte.
Me lembro com carinho de uma viagem que fiz de trem com meu pai. Foi uma alegria imensa.
Um beijinho

Isadora disse...

Fran, minha amiga, de tudo ficam boas lembranças como os passeios de trem que fizeram. Sem dúvida por aqui poderímos investir nesse meio de transporte.
Me lembro com carinho de uma viagem que fiz de trem com meu pai. Foi uma alegria imensa.
Um beijinho

ManDrag disse...

Também sou amante de trens (na minha terra chamam-se comboios). São um óptimo meio de transporte, em todos os sentidos, quando bem geridos e organizados.
As viagens nocturnas em cabine-cama são uma experiência muito romântica; como disse o amigo Mauj lá em cima, "passear olhando a lua".

Salutas!