02 setembro, 2010

Sobre a felicidade de "vir e ir".


Olá amigos,

Em meu último post deixei aqui registrado o meu contentamento por estar na Suécia e também pelo meu retorno ao Brasil. Isto pois em 28 de setembro, estarei voltando com minhas pequenas enquanto marido terminará até dezembro o projeto proposto. Alteramos os planos antecipando significativamente nossa volta, já que os “ventos” seguiram por outra direção.

Quem me conhece sabe o quanto relutei para deixar o País, os que amo, o aconhego do meu lar, a estabilidade no emprego, para enfrentar o desconhecido. E não me arrependo em nada. Faria sim, tudo outra vez.

Olhando em retrospecto, consigo enxergar muitos aprendizados mesmo diante dos obstáculos vividos e também muitas situações externas e internas que me deixaram pra lá de FELIZ.



Então vamos lá,

O que eu aprendi?

O que realmente me fez feliz na Suécia?

  • Estar em família,
  • A companhia diária do marido no almoço e todas as noites conosco já que nunca tivemos isso desde que nos casamos (é pesquisador e professor universitário no Brasil trabalhando 3 períodos),
  • Dividir em família as preocupações, as alegrias, as expectativas e vitórias,
  • Cozinhar com tempo e disposição diariamente para marido e filhas ,
  • A proximidade e cumplicidade entre as minhas filhas,
  • Estamos mais unidos e fortalecidos enquanto casal e família,
  • Compreendo hoje que preciso investir no aprendizado de uma segunda língua antes que marido invente uma próxima mudança,
  • Que posso consumir menos e planejar mais,
  • Caminhar de bicicleta com o vento no rosto, sentindo-me literalmente livre e feliz,
  • Andar a pé pelas ciclovias de Lund comendo maçãs, ameixas e amoras fresquinhas colhidas pelo caminho,
  • Todos os lugares e pessoas que conheci,
  • Que posso sim, superar um grande medo como o de andar de navio,
  • Ver a Bia e a Laurinha cantarolando e caminhando de bike pelas ciclovias de Lund,
  • Fazer piquiniques na praia e na grama,
  • Ouvir o "silêncio" das ruas , dos lugares e dentro de mim,
  • Brincar de casinha, cabelereira e de mamãe e filhinha,
  • Não ter hora e data para cobranças e entregas burocráticas desvairadas,
  • Que posso e consigo muito mais do que penso em realizar,
  • Ter uma família e amigos que nos ama e nos completa, faz toda a diferença quando nos sentimos vulneráveis e frágeis,
  • Contemplar e respirar a natureza em cada uma de suas fases faz bem à saúde,
  • Sentir-me segura porém livre.

Esta lista , totalmente inacabada hoje, revela um pouco do que vivi neste pequeno espaço de tempo desta gelada Suécia. Me sinto feliz. Alguns planos foram interrompidos, mas outros já estão a caminho . É assim a vida. Entre as escolhas que fazemos, ganhamos e perdemos.



*Este post sobre a "Felicidade", participa da Blogagem coletiva proposta pela Glorinha do Café com Bolo.


Abraços,


20 comentários:

Chica disse...

Adorei tua postagem e tens todos os motivos de ser feliz por aí e acho um dos maiores ganhos por lá foi a SEGURANÇA, o direito de ir e vir nas ruas incólume...

Isso aqui,nem em sonho...beijos, tudo de bom,chica

Alexandre Mauj Imamura Gonzalez disse...

Foi bem bacana e inteligente de sua parte esse post. Mostrar a felicidade de uma vida em um lugar diferente, as coisas boas que vc conheceu e viveu.

E realmente é uma felicidade vc olhar para trás e ver que venceu. Venceu as dificuldades de viver em um país diferente, com outra realidade, uma vida nova.
Parabéns!

um bom dia pra vc

orvalho do ceu disse...

Olá, pessoa feliz!!!
Quanta FELICIDADE!!!
Aconchego do lar... estabilidade no emprego... dividir tudo com a família... cozinhar... cumplicidade com filhos... aprender outro idioma... CONSUMIR MENOS... PLANEJAR MAIS... comer amoras, ameixas, maçãs... lugares... pessoas... ANDAR DE NAVIO... SUPERAR MEDOS... piqueninque na praia e na grama... SILÊNCIO... brincar... ter FAMÍLIA... AMIGOS...
CONTEMPLAR E RESPIRAR A NATUREZA... ter saúde...
POSSO E CONSIGO...
Hum!!!
Que delícia de vida!!!
Bjs felizes.

Eliane disse...

Felicidade tambem depende de escolhas, e mesmo tão longe do seu ninho vc foi feliz, que bos ventos de felicidade soprem pra vc na sua volta. Um beijo da Eliane.

Bordados e Retalhos disse...

Adorei essa lista de motivos de sua felicidade aí na Suécia. As vezes demoramos a recohecer essas coisas, tão simples, mas tão valiosas. Quem bom que vai voltar e que de uma forma ou de outra, aqui ou aí, em qualquer outro lugar, vc estará sempre buscando a felicidade. Bjs querida

Glorinha L de Lion disse...

Minha querida Fran, sinto nas suas palavras que está fortalecida, certa do que deseja e em busca da sua felicidade, que na verdade é uma constante em nossas vidas. A vida é um aprendizado que nunca acaba, e que maravilha que é assim, não é?
Espero que sejas muito feliz em tua volta e que possamos nos desvirtualizar em breve. beijos minha querida!

Liza Souza disse...

A vida é cheia de escolhas e mudancas. Algumas fáceis, outras nao. Que bom que voce encontrou sua felicidade apesar das dificuldades de encarar uma nova vida num pais tao diferente do Brasil. Desejo que no seu novo caminho voce continue enxergando a felicidade nas pequenas coisas que sempre estao ao nosso redor.
Beijos

Françoise disse...

Obrigada a todos pelo incentivo e carinho de sempre. Isto tudo tem me feito muito bem.
Abraços a vocês,
Fran

Isadora disse...

Minha amiga, os ventos sopram e o mais importante e seguirmos os bons ventos, mesmo que uma hora nos levem para lá e outra hora para cá.
Embora o período aí tenha sido de muito aprendizado e fortalecimento de laços, imagino a sua felicidade em poder retornar. Fico feliz pela felicidade de vocês.
um beijo

Beth/Lilás disse...

Querida Fran!
Nossa, como senti firmeza em você lendo este post!
Realmente, você ficou mais fortalecida com todo este movimento em sua vida e a felicidade você pode notar mais detalhadamente por aí, juntinhos, a quatro.
Torço por sua felicidade e sei que também a busca todos os dias, superando seus medos e suas inquietações.
É assim mesmo a vida e é isso que faz com que digamos 'viver e não ter a vergonha de ser feliz'.
Adorei seu post porque não só falou da tal felicidade, mas se colocou nele, expondo seu interior.
um beijo grande e carioca

manuel marques disse...

passei para deixar um abraço.

Tati Pastorello disse...

Minha adorável Fran, seu blog voltou a não aparecer no meu... Ai, que raiva do blogspot... ops, não, raiva foi semana passada. Estou feliz que está voltando!!!
Você é de Ribeirão?
Achei linda sua lista inacabada. Tão bonito ver tudo que tem aprendido com a vida, com as oportunidades. Você é muito especial, sabia?
Agora nosso abraço está mais perto e mais possível!
Um beijo.

Lúcia Soares disse...

Françoise, que bom que a felicidade nos acompanha, onde quer que estejamos, não é?
Ela vai conosco, no coração, nos sonhos, nos ideiais, na família, na paisagem.
Basta olher em volta e onde quer que estejamos, aí colocaremos nossa felicidade.
Dia 28 é dia de meu aniversário de casamento.
Quase a sua idade...rsrsrrs
Não sabia da sua volta, vou ler o post.

Beijos!

Astrid Annabelle disse...

Olá Françoise!
Sabe que não sei se já deixei um comentário ontem?
De todas as maneiras estou aqui relendo seu post sobre a felicidade e a sua lista inacabada de momentos marcantes....
Muito bom e adorei saber que está voltando. Então se vier para Ubatuba nas férias de verão por favor me deixe saber...vamos combinar um encontro OK?
Um beijo feliz!
Astrid Annabelle

Socorro Melo disse...

Olá, Françoise!

Seja bem vinda a nossa casa (o Brasil)!

Felicidade é uma opção nossa, e se manifesta nas coisas mais simples, nos pequenos gestos,nas realizações de projetos e desejos, apesar dos contratempos da vida.

Seja muito feliz!
Socorro Melo

Nilce disse...

Oi, Fran

Muito aprendizado minha querida.
Experiências novas só fazem nos enriquecer e nos trazer felicidade, através da compreensão de muitas coisas e do aprendizado.
O mais simples é sempre o mais precioso.
Que seu retorno seja repleto de alegrias e muita felicidade.

Adorei seu post.

Bjs no coração!

Nilce

Teresinha Ferreira disse...

Bom retorno ao Brasil!!!
Vai trazer na bagagem conhecimentos mil. Isso vale a pena.
Tudo de bom.
Bjs mil

Tatiana disse...

Quer dizer que estão voltando para o Brasil Fran?
Te desejo tudo de bom, vai dar tudo certo principalmente com a experiência que vocês ganharam ai!!!
Acho que o melhor que temos a fazer,é aproveitar tudo que aparece nas nossas vidas, mesmo que as vezes nos pareça inconveniente, sempre ganhamos, nem que seja experiência!!!
Adorei aquela parte de colher amoras, ameixas..etc..no caminho...noooossa...que deliiicia, e colhidas da árvore tem todo um sabor especial!!!
Beijocas e muita sorte pra você Fran!!

Amica Philosophiae disse...

Olá querida,
As coisas que nos deixam felizes, são as pequenas, ao alcance de nossas mãos e nosso coração não é mesmo. Isso vale mais que qualquer coisa de valor no mundo!
Uma viagem feliz para vc e sua família!
Um abraço
Cynthia

Barbie Girl disse...

Boa sorte minha querida!! Os ventos caminham na direção da felicidade!! Quem sabe no Brasil vamos nos conhecer!! eee

beijos