15 abril, 2010

Viver, apenas viver!



Hoje acordei pensando que estou re-aprendendo a viver , a dar colo, a receber colo, a amar. Deus é tão perfeito que me oportunizou este momento. Me deu a possibilidade de escolher além do pão e do trabalho . Sinal de vida, estado de graça mesmo sem a presença daqueles que amamos ...


"Não sei ...se a vida é curta
Ou longa demais para nós,
Mas sei que nada do que vivemos ,
Tem sentido se não tocamos o coração das pessoas.

Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove.

E isso não é coisa de outro mundo,
É o que dá sentido à vida.
É o que faz com que ela
Não seja nem curta,
Nem longa demais,
Mas que seja intensa,
Verdadeira, pura... Enquanto durar"

Cora Coralina


10 comentários:

Luci Cardinelli disse...

Muito bom quando conseguimos aprender e crescer como pessoa. Isso é a vida.
Esse poema de Cora é muito lindo!

beijos

Lu Souza Brito disse...

Este poema da Cora é lindo demais! E que bom que passa por um momento tão lindo assim. Amar, dar e receber colo, ter intensidade nas relações, ah, como isso é bom.
Um grande beijo pra vc e suas meninas.

Fla disse...

Adoro Cora Colina...muito lindo!
-)
Bjs

Renata disse...

Nessa estrofe, ela consegue dizer tudo:

"Muitas vezes basta ser:
Colo que acolhe,
Braço que envolve,
Palavra que conforta,
Silêncio que respeita,
Alegria que contagia,
Lágrima que corre,
Olhar que acaricia,
Desejo que sacia,
Amor que promove."

Se a gente conseguir só uma dessas coisas...já deve ser considerar muito feliz!

Um bom dia, ou tarde, pra vc!

Glorinha L de Lion disse...

Oi Françoise, hoje está todo mundo com o astral melhor...ontem estava péssimo, mas hoje, com esse dia lindo que está fazendo aqui, nem frio nem calor, céu azul...energia boa no ar...as vibrações positivas estão voando pela blogosfera...Que bom! sinta-se abraçada...Beijos.

Tida disse...

Fra,
Sei este poema "de cor".
Gosto especialmente dos versos:
"braço que envolve,
palavra que conforta.


Um bom dia para você.

Rozani disse...

Oi Françoise! Que lindo o poema!Deve ser difícil estar longe de casa, dos amigos.Um lugar completamente diferente daqui, o idioma.Mas como vc disse re-aprendendo.Assim que é a vida, quase todos os dias...agente acaba re-aprendendo muita coisa.Quando está longe de casa, então...nem se fala.
Bjs,Rozani

Maricota by Marianne disse...

Oi Fran!
Cora Coralina, tão linda e verdadeira, nada tem sentido se não tocamos o coração das pessoas...é isso que importa, de qualquer maneira, de todas que ela bem falou, o importante e espalhar o amor!
Bjks.

Richie disse...

Olás!
Gosto mto da Cora Coralina, que além de poetisa de marca maior, era uma cozinheira de mão cheia! Lindos versos!

Bom fds! bjim :D

Françoise disse...

Agradeço o carinho de todos,
Abraços,
Fran