23 março, 2010

Bom dia!


O inverno na Suécia tem sido um dos mais intensos na história do país. Desde os anos 80 não nevou tanto por aqui, é o que contam.
Saímos do Brasil a uma temperatura de quase 40 graus e após essa longa temporada de calor para nós, estamos sentindo os problemas típicos da baixa temperatura, como o resfriado. As meninas já estão bem, somente o nariz não para de escorrer, eu não consigo melhorar. Há dias sinto uma terrível dor de cabeça acrescida de dores no corpo, ouvido e garganta. Está tudo congestionado. A Bia acha que estou quase todo o tempo chorando. Uma vantagem do frio pra mim é que o inverno me fez um convite à reflexão. Se o verão nos convida a exteriorizar, o inverno fez o oposto. Eu sempre gostei do inverno. Vim ao mundo em 12 de julho, casei também. Beatriz e Laura nasceram no inverno. Há pensamentos de inverno, como há os de verão, outono e primavera e por aqui podemos entender isso claramente, pois as estações “brotam” aos nossos olhos como num passe de mágica e com ela os pensamentos que mudam a cada instante. O céu ainda pouco azul contrasta com o verde das gramas ainda que as árvores não pareçam tão vivas. É a Primavera chegando!

O quentinho do sol todas as tardes depois que chegamos da escola (vou buscar a Bia), nos convida a brincar nos parquinhos do condomínio. É uma festa. O dia passa voando. O vento gelado me deixa intimidada, mas nem assim desistimos. Algumas pessoas conversam conosco lá fora entendendo que somos bem vindos por aqui. São simpáticos apesar da distância. Ainda não temos baldinhos, mas guardamos as embalagens descartáveis que adquirimos nos supermercados virando forminhas de bolo para os parabéns de alguém.
Na escola a Bia parece estar em casa. Sabe como devemos entrar (com tênis pode, botas não- devem ficar nas prateleiras), sobre o funcionamento da escola apesar de 1 semana apenas. Lá todos falam a mesma língua, o inglês! São crianças de diferentes países morando na Suécia.



MY NAME IS BEATRIZ
I COME FROM BRASIL

O mapa na entrada da escola com a frase de “bem vindos” identificam todos os alunos que ali estudam relacionando o nome da criança ao seu país de origem (todos localizados com um alfinete no mapa mundi).Em apenas 5 dias ela já volta pra casa casa cantando pequenas músicas em inglês. Amanhã é o “Open day at school”. Todos os pais são convidados a participar das aulas juntamente com os filhos observando sua rotina na escola.

NA ESCOLA GUARDANDO SUAS ROUPAS EM SUA CAIXA PARA IR EMBORA.


CORRENDO PELA ESCOLA (...e eu fotografando tudo!)

Dia 28 de março mudamos novamente o horário dos relógios. Será aqui o primeiro dia do horário de verão. Para nós mais uma adaptação pois a Bia irá reclamar ainda mais para acordar. Por falar em verão estou ansiosa pois dizem que nesta estação o sol aparece aqui até as 11h da noite??!!!? Até lá vamos conversando. Eu pensando em voz alta e escrevendo. Escrever talvez seja a forma que consegui encontrar de não ficar sozinha com os meus pensamentos. Que seja.

4 comentários:

Renata Keli - planejandobebe.blogspot.com disse...

Que maravilha não é mesmo??
E tb é muito bom pra elas, essa nova cultura, língua, enfim...isso nunca lhes será tirado.

Fique na paz.

Beijinhos

Françoise disse...

Amém Rê,
Você também!
bjosss
Fran

Fatinha disse...

Oi Fran.
Q delícia ler seu relato de experiência vivida...
Como é gostoso viajar nas suas palavras. T admiro + há cd dia.
Bjus e fiquem com Deus!
Fatinha

Tati Pastorello disse...

Oi Fran, resolvi passear pelas suas postagens mais antigas e conhecer a Suécia com seus olhos curiosos.
Amei quando você disse que existem pensamentos de verão e pensamentos de inverno. Concordo com tudo.
Muito legal a escola da Bia.
Imagino o quanto deve ser difícil lidar com a saudade, mas a experiência é realmente enriquecedora!
Um beijo.